Portal Jornal do Brás - A serviço das Tradições da Região

Domingo, 17 de outubro de 2021
MENU

Economia

COM OS INDÍCES ELEVADOS A MELHOR OPÇÃO PARA PROPRIETÁRIOS E INQUILINOS É A NEGOCIAÇÃO

Com o aumento constante do IGP-M o acumulado dos últimos 12 meses está em 31.12% até agosto

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com o aumento constante do IGP-M o acumulado dos últimos 12 meses está em 31.12% até agosto, a alternativa mais inteligente para proprietários e inquilinos é a negociação na hora de reajustar os aluguéis. Em uma relação que começa com várias exigências cadastrais, tais como, score, adimplência, estabilidade profissional, etc. e ainda garantias hoje em dia cada vez mais difíceis de conseguir, como fiador e seguro fiança, deduzimos que os atuais inquilinos, já passaram por essa difícil avaliação e se hoje estão em processo de reajuste de aluguel, é sinal positivo de que a relação contratual foi satisfatória até aqui.

Anteriormente a Pandemia, já vínhamos de uma crise econômica aguda, que se iniciou em 2014. A partir de 2020 com o surgimento do Covid-19 e fechamento da atividade comercial a situação se agravou ainda mais.

Nessa situação é sensato manter no imóvel o atual inquilino já avaliado e aprovado.

Outro fator que deve ser considerado na hora de reajustar o aluguel, é o valor de mercado. Isso se faz com uma simples pergunta; se o imóvel estiver desocupado hoje, por quanto eu o alugaria? Geralmente a resposta é; por um valor inferior ao atual corrigido.

Quem já atua há algum tempo no mercado de aluguéis sabe que infelizmente quando o governo interfere com pacotes, restrições ou qualquer intervenção nos contratos, isso tente a longo prazo, a prejudicar o lado mais fraco, o inquilino.

Dessa forma, quando o índice passa a não mais refletir a realidade do mercado, o melhor caminho é a negociação direta e de bom senso entre inquilino e proprietário. Na ausência de um índice que represente a realidade de mercado e restando infrutífera a negociação entre as partes, resta o caminho da via judicial através da ação revisional de aluguel, onde o valor do reajuste será arbitrado pelo juiz.

SUZI MATIAS

Administradora

orgabi@terra.com.br

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!